ANM PUBLICA RESOLUÇÃO 33, QUE ALTERA O ART. 246 DA PORTARIA DNPM Nº 155, DE 12 DE MAIO DE 2016, QUE APROVA A CONSOLIDAÇÃO NORMATIVA DO DNPM E REVOGA OS ATOS NORMATIVOS CONSOLIDADOS

Foi publicada pela ANM, em 12 de maio de 2020, a Resolução 33 que acrescentou a redação de parágrafo único ao art. 246 da Portaria 155 de 12 de maio de 2016, que aprova a Consolidação Normativa da Agência. O art. 246 dispõe sobre a transferência de direitos minerários em face de incorporação, fusão, cisão, falência ou causa mortis de titular de direito minerário e, segundo a redação do novo parágrafo incluído, enquanto não concluído o procedimento de averbação dessa transferência de direitos minerários, caberá à sociedade sucessora realizar as atividades de pesquisa ou lavra, bem como os demais atos necessários ao cumprimento de obrigações e à preservação de direitos decorrentes do título minerário outorgado à sociedade incorporada, fundida ou cindida. Ou seja, enquanto tramitar o processo de transferências de direito minerário para os casos acima citados, as atividades devem prosseguir sob a responsabilidade da empresa sucessora do título.

A equipe do PMRA está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais sobre o assunto.

contato@pmra.com.br – (31) 3290-4200

LinkedIn:https://www.linkedin.com/company/porto-miranda-rocha-&-advogados/

Instagram: @pmradv

Facebook: @pmra.adv

Resolução ANM Nº 36 de 1º de junho de 2020

Foi publicado no Diário Oficial da União do dia 02 de junho de 2020, alteração dos arts. 1º e 3º da Resolução nº 28, de 24 de março de 2020, prorrogando […]

GOVERNO DE MINAS GERAIS PRORROGA ATÉ 31 DE MAIO DE 2020 A SUSPENSÃO DE PRAZOS DE PROCESSOS ADMINISTRATIVOS.

No dia 30/04/2020, o Governo de Minas Gerais, através da publicação do Decreto nº 47.932/2020, prorrogou até 31 de maio de 2020 a suspensão de prazos de processos administrativos. A […]

PORTARIA CONJUNTA Nº 963/PR/2020 do TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS

Disciplina o funcionamento do Poder Judiciário do Estado de Minas Gerais, no período de 1º a 15 de maio de 2020, nos termos da Resolução do CNJ nº 314, de 20 de abril de 2020.

-->